Volte ao SPIN

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Mar F

E nesta noite sonhei olhei fui o mar
E o mar estava feliz
E o mar estava rosa bebê
E o mar estava feminino
E o mar havia mudado de nome em homenagem à àrvore F
F de Feliz
Engraçado, o computador está marcando que:  àrvore está escrito errado
Está mesmo, pois que fique errado
Pois que não existe erro no mundo
Pois que até os erros levam aos acertos
Assim como ao vestir a blusa virada prá trás
E meus familiares: Menino, a blusa tá errada
Eu: Tá não, pois é assim mesmo
Eles não sabem que sou filho único



Único enquanto diferente de todos
Só as mães felizes sabem disso
E escondem-nos para proteger dos algozes de seus filhos maridos
Assim como algoz fui dias atrás enquanto ator na minha relação patrimonial patronal com S
Eu: Kd isso kd aquilo
Ela: Não mudei de lugar
Eu: M;udou sim
Ela: Não mudei
Eu: Mu dou-Se
Ela: O Senhor ainda me quer
Eu(com ar de escravocrata barbosista e lembrando das mulheres que perguntam se o marido vai usá-las kkkkkkkkkkknaquela noite): Vou querer sim
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk >>>>>>>>>>>>>>>> Mas vejam só que isso, esse gestual misógino, foi feito enquanto representação simulacro arte pois que se trata de uma realidade a ser combatida
Ah estou trocando as bolas
O cursor muda de lugar dai os erros neste texto
F

Vamos ao segundo momento: Formae
que o momento de tornar visível o sonho desta noite
Sonho ou revelação, tanto faz








Nenhum comentário: